O que é Yoga?

 

                                                                                                                Por Mariana Essele

 

 YOGA 1a

 

 

Do sânscrito, “yoga” significa união, sendo um termo ideal para essa prática milenar que busca unir corpo e mente. Sobre a forma de escrita e pronúncia, podemos resumir assim: “o yoga” (artigo masculino; pronúncia “yôga”) é a palavra em sânscrito. Traduzindo para o português, falamos a ioga (artigo feminino; pronúncia “ióga”).

 

Agora que entendemos melhor a palavra em si, vamos falar um pouco mais sobre essa prática. Com origem na Índia, o Yoga tem uma grande ligação com o hinduísmo e, também, com o budismo. No entanto, é totalmente possível ser um praticante de Yoga e seguir qualquer outra religião, ou nenhuma.

 

O que esperar em uma aula de Yoga?

 

Nas aulas de Yoga, você vai encontrar 3 elementos principais: ásanas, pránáyámas e Yoganidrá. Não se assuste com os termos, é tudo bem mais simples do que parece. Veja a explicação de cada termo:

 

 

 

  1. Ásanas

        Ásana, em sânscrito, significa “postura equilibrada e confortável”. Ou seja, são as posturas físicas realizadas durante a      aula de Yoga. Mas não se preocupe pensando que é preciso ficar de cabeça para baixo e ter muita flexibilidade já desde a primeira aula. Cada ásana trabalha o corpo e a mente de uma forma única, equilibrando glândulas, hormônios, emoções, pensamentos e chakras. 

 

        2. Pránáyámas

          São os exercícios respiratórios. Em geral, utilizamos apenas 10% da nossa capacidade pulmonar. Para driblar isso, o Yoga conta com uma série de exercícios que buscam treinar o corpo para respirar corretamente. Dentre os principais benefícios, podemos destacar: controla a ansiedade, promove mais resistência, melhora a digestão, tranquiliza a mente e auxilia na perda de peso. 

 

       3.Yoganidrá

          Já viu que as aulas de yoga terminam com todos deitados, com os olhos fechados e em silêncio? O objetivo do relaxamento ao final da prática é equilibrar o corpo e a mente, relaxando os músculos e silenciando o pensamento. Para auxiliar a manter a mente calma, porém atenta, os instrutores de Yoga podem optar por meditações guiadas. Por isso, não se preocupe se você nunca meditou antes.

 

 

 

Dentro destes 3 elementos principais, e mais outros princípios que abordaremos nos próximos textos, podemos afirmar que os ásanas representam 10% das infinitas possibilidades que o Yoga oferece. Por isso, a prática de Yoga é indicada para todos, sem exceção, pois basta adaptar a prática de acordo com as possibilidades de cada praticante.